Notícias

Como dirigir com segurança

Em: 06/11/0209

Para milhões de pessoas dirigir é uma necessidade, mas envolve mais riscos. Calcula-se que no mundo inteiro mais de 1,2 milhão de pessoas morrem em acidentes
de trânsito todo ano. Assim, não seria bom aprender a dirigir com segurança? Vejamos alguns aspectos que você deve avaliar.

AVALIE A SI MESMO

Um artigo do periódico Australian Journal of Social Issues citou que um dos passos mais importantes que o motorista pode dar para reduzir o risco de morte é melhorar
seu comportamento ao volante. Então, antes de sair de casa, o motorista deveria se perguntar: 'Estou em condições de dirigir?' O cansaço pode entorpecer a mente e
diminuir os reflexos. O Departamento de Transportes Terrestres das Filipinas alista raiva, ansiedade e agitação como emoções que afetam o comportamento ao volante e podem
levar a decisões impensadas e até a acessos de fúria no trânsito.
As condições físicas também devem serr levadas em conta, visto que doenças ou lesões podem prejudicar a capacidade de dirigir com segurança. O motorista que respeita a vida dos outros não se arrisca a dirigir sob o efeito de álcool, drogas e remédios que podem afetar seus reflexos. Em alguns casos, seria prudente pedir que outra pessoa dirija ou então não sair de carro.

AVALIE SUAS HABILIDADES

Com o aumento do número de veículos, principalmente nos países em desenvolvimento, também aumenta o número de motoristas novos e inexperientes. Por isso, é bom considerar duas coisas que todo motorista deve levar em consideração para evitar acidentes.
Direção Defensiva. É bom ficar atento e prestar atenção a possíveis perigos nas vias, frente e atrás. Antecipe o que outros motoristas farão, incluindo os erros. Visto que um carro fica muito próximo do outro, o motorista prudente mantém uma distãncia segura.
Pontos cegos e distrações. Vire a cabeça para ver o que está acontecendo ao redor e não confie apenas nos retrovisores.
Evite se distrair. Enquanto dirige não faça outras coisas, como falar ao telefone ou manusear outros aparelhos.

Para os motociclistas: Algumas autoridades dizem que, não importa a distância percorrida, a probabilidade de um motociclista morrer num acidente é 37 vezes maior do que uma pessoa num carro. Como se proteger? O que foi citado antes também se aplica ao motociclista. Além disso, a Fundação de Segurança da Motocicleta dos EUA alerta: "Torne-se visível." Faça com que os outros o vejam. Mantenha o farol aceso. Fique fora dos pontos cegos dos veículos. "Use vestuário de proteção". Use capacete e roupas protetoras grossas e fáceis de serem vistas. "Tome cuidado redobrado". Dirija como se os outros não conseguissem vê-lo.

AVALIE O VEÍCULO

A segurança não depende só do motorista, mas também do veículo. Os freios e outra peças mecânicas devem estar em excelentes condições. Os pneus não devem estar com os frisos gastos, o que aumentaria a possibilidade de derrapagem ou aquaplanagem. Pneus bem calibrados melhoram o controle e a frenagem do veículo. A maioria dos carros atualmente tem cintos de segurança. Mas eles pouco ajudam se não forem usados.
Adapte-se às condições da via. Pistas molhadas, afetam a distância de frenagem e as manobras. Para dirigir à noite, os faróis devem estar em boas condições, e o motorista geralmente deve diminuir a velocidade.

COMO DIRIGIR COM ECONOMIA


  • Não dirija de forma brusca: Acelerar e frear com muita frequência desperdiça combustível.
  • Não deixe o motor ligado sem necessidade: Hoje em dia, o motor dos carros não precisa ser pré-aquecido. E se você precisar parar o carro por mais de 30 segundos, desligue o motor.
  • Calibre os pneus: Pneus com calibragem correta roda com mais facilidade, reduzindo bem o consumo de combustível.
  • Dirija na velocidade econômica: Dirigir em alta velocidade pode ser perigoso e consome mais combustível.





Fonte: Revista Despertai!